52% dos smartphones enviados para conserto tiveram tela rachada

De acordo com um levantamento realizado pela empresa de proteçãio de smartphones Pitzi, o rachamento de telas provocado por quedas é, de longe, o principal motivo pelo qual os usuários enviam seus dispositivos para conserto. Segundo a empresa, 52,61% dos aparelhos enviados para conserto caíram no chão e tiveram a tela quebrada pela queda.

O segundo motivo mais citado pelos clientes da empresa foi uma pane do aparelho sem ação do usuário: o dispositivo simplesmente travou ou deixou de ligar. 41,17% dos clientes da Pitzi citaram esse como o motivo para enviar o aparelho para reparos. Outros 6,22% citaram problemas envolvendo água, como derrubar o smartphone na privada.

As três marcas que mais tiveram dispositivos enviados para conserto foram samsung (27,8% dos aparelhos), Motorola (27%) e Apple (12%). As outras marcas, como Sony, LG e Nokia, compunham os outros 33,2%. Examinando apenas os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, a Samsung foi a marca mais enviada para conserto em São Paulo (25,9% dos aparelhos), enquanto no Rio a Motorola foi a que mais apresentou defeitos (36,93%).

Vale notar, no entanto, que essa distribuição reflete aproximadamente a fatia de mercado de cada uma das empresas (empresas que vendem mais smartphones acabam gerando mais defeitos). De acordo com a assessoria de imprensa da Pitzi, os dados acima foram extraídos com base em todos os clientes da empresa. No entanto, a empresa não revelou o número total desses clientes.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ