9 em cada 10 donos do Galaxy Note 7 querem manter seus aparelhos após recall

No início do mês, a Samsung anunciou um recall do Galaxy Note 7 após o aparelho apresentar problemas de superaquecimento. Os relatos de celulares explodindo levaram a fabricante a perder milhões em ações, além do custo do próprio recall.

Mas, aparentemente, a empresa está conseguindo dar a volta por cima. Segundo um comunicado divulgado na última terça-feira, 27, 90% dos usuários Galaxy Note 7 dizem pretender continuar com o modelo após a troca da bateria.

Além disso, mais de 60% dos aparelhos vendidos na Coreia do Sul e Estados Unidos já passaram pelo recall. Já em Cingapura, 80% dos clientes já passaram pelo programa de substituição.

Ainda assim, a empresa alerta que aqueles que ainda não levaram o Note 7 para o recall, devem desligar o smartphone e entrar em contato com a Samsung ou com a revendedora autorizada para iniciar o procedimento de troca.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ