Adobe fecha o cerco contra usuários piratas

A Adobe passará a adotar uma tática semelhante à da Microsoft para usuários que utilizam versões piratas de seus programas, como o Photoshop e o Premiere: bombardeá-los com notificações. De acordo com o Torrent Freak, a empresa passará a notificar ativamente usuários de programas piratas sobre a inautenticidade de seus aplicativos.

Para isso, a empresa está embutindo um "serviço de integridade de software" (SIS) em seus programas. Esse serviço consegue escanear a máquina do usuário e detectar aplicativos não-licenciados pela empresa. Ao encontrar programas desse tipo, a Adobe mostrará uma notificação de pirataria semelhante à da imagem abaixo:

Reprodução

Segundo a empresa, o pop up tem função meramente informativa e pode ser dispensado com um clique. No entanto, ele voltará a aparecer depois de um certo tempo. A empresa também lançou uma página "genuine" para informar os usuários das vantagens de se ter cópias licenciadas de seus produtos.

Ainda segundo o Torrent Freak, por ora a notificação é limitada a usuários da versão X do Adobe Acrobat que estejam nos Estados Unidos. No entanto, o plano da empresa é expandir essa atitude para outros produtos e outras regiões. De acordo com a empresa, a intenção é "entregar esse serviço aos consumidores de maneira facilmente compreensível e acionável".

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ