Apoiadores de Donald Trump pedem boicote à Apple por não apoiar campanha

A Apple está entrando em disputa com o candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, mais uma vez. A empresa está se recusando a doar qualquer dinheiro ou tecnologia para ajudar na convenção presidencial republicana – evento que irá nomear Donald Trump como o candidato do Partido Republicano.

A companhia tem apoiado a convenção tanto dos Republicanos, quanto dos Democratas há anos, mas dessa vez, não vai ajudar financeiramente por não concordar com as ideias controversas de Trump em relação às mulheres, imigrantes e minorias.

Em contrapartida, apoiadores do candidato estão pedindo um boicote à empresa nas redes sociais, usando a hashtag #boycottapple.

Trump tem criticado a Apple por produzir seus dispositivos na China e apoiou o FBI quando a empresa se recusou a desbloquear o aparelho do atirador de San Bernardino, no início do ano.

Por outro lado, o CEO da Apple, Tim Cook, tem recebido elogios nos últimos anos sobre a sua posição em relação a assuntos polêmicos, como os direitos dos homossexuais e as alterações climáticas. Cook não tem falado publicamente sobre suas crenças políticas, mas já deixou claro em alguns tweets que não está satisfeito com nenhum dos partidos.

Via Business Insider

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ