Cadeirante cria 'Uber' para quem tem problemas de mobilidade; conheça

Diante da dificuldade em conseguir alugar um carro adaptado e do alto valor cobrado pelo serviço, a cadeirante Charlotte de Vilmorin decidiu criar o Wheeliz, uma espécie de Uber para quem tem problemas de mobilidade. "É muito difícil de se locomover quando você está em uma cadeira de rodas, porque o transporte público não é acessível, Você não pode simplesmente pegar um táxi ou alugar um carro regular", afirma.

A parisiense explica que muitas pessoas possuem carros adaptados que não são usados todos os dias. O serviço, então, oferece a possibilidade de alugá-lo por uma taxa de US$ 55 a US$ 65 por dia. Para os proprietários, é uma chance de ganhar dinheiro com um veículo que estaria parado, enquanto para os clientes é uma possibilidade de economizar, já que a diária do Wheeliz é bem menor do que o valor diário cobrado por locadoras, que fica entre US$ 90 e US$ 200. A companhia fica com 30% do valor. "Eu realmente acredito que há uma oportunidade para a economia e o consumo colaborativos, o que pode tornar a mobilidade mais acessível para quem usa cadeiras de rodas", conta Vilmorin.

Reprodução
Atualmente, o Wheeliz conta com 120 carros em cidades francesas como Paris, Nantes e Bordeaux, e 900 usuários registrados, incluindo pessoas de outros países que devem viajar para a França. O objetivo da companhia é expandir o serviço em breve a outros países.

Vilmorin afirma ainda que há planos de lançar um app para smartphones e contratar motoristas. Para isso, os profissionais teriam que passar por um teste de certificação para o trabalho. "É a única coisa regulamentar com que temos que lidar", explica, negando a possibilidade de complicações judiciais.

Via Mashable

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ