CEO do Google ganhou mais de US$ 100 milhões em 2015

Como CEO do Google, Sundar Pichai tem um cargo de grande responsabilidade, mas também de grande remuneração. De acordo com documentos regulatórios enviados ontem pela empresa ao governo dos EUA, ele ganhou mais de US$ 100 milhões de dólares de pagamento da empresa no ano passado.

Ao longo do ano, Pichai recebeu um total de US$ 652.500 de salário (o que dá US$ 54.375 por mês), “outras compensações” não especificadas no valor de US$ 22.935, e um estonteante total de US$ 99.829.142 em ações da empresa. A tabela pode ser vista abaixo (ou por meio deste link):

Reprodução

Segundo a Bloomberg, Pichai já havia recebido outros US$ 199,8 milhões em ações da empresa em fevereiro. Esse foi o maior valor já pago em ações para qualquer funcionário da empresa.

Apesar de ser muito bem pago, Pichai ainda não foi o funcionário que mais recebeu valores da empresa, segundo a tabela. Tanto o conselheiro da Alphabet (empresa-mãe do Google) quanto o ex vice presidente e chefe de negócios da empresa Omid Kodestani receberam valores ainda maiores.

Sundar Pichai tornou-se CEO do Google no ano passado, quando a empresa passou por uma reestruturação e passou a ser uma das empresas que compõem a Alphabet. Atualmente, ele é considerado, ao lado de Larry Page, Sergey Brin e Eric Schmidt, oficialmente indispensável à empresa.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ