CEO do Uber espera ver lucro em mercado chinês nos próximos 2 anos

Nos últimos seis meses, o Uber viu centenas de cidades nas quais começou a atuar se tornarem rentáveis para a empresa. Mas a expansão do serviço na China deve demorar um pouco para começar a gerar lucro.

Em entrevista, o CEO do Uber, Travis Kalanick, afirmou que a estimativa é de que a empresa leve uns dois anos para começar a ganhar dinheiro na região. No mês passado, a companhia disse que está perdendo mais de US$ 1 bilhão por ano no mercado chinês.

Para o executivo, os números não representam perdas, mas sim investimentos. Além disso, ele defende que muitas das cidades que tem o serviço são rentáveis, sendo que 30 maiores conseguem recuperar sozinhas esse US$ 1 bilhão. “É uma espécie de combustível que nos permite ir a lugares como a China e investir profundamente para fazer funcionar um grande sistema”, afirma.

O maior concorrente da empresa no local é a Didi Kuaidi, que atende 400 cidades na China – mesmo quantidade que o Uber atende no mundo todo.  

Via CNBC

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ