Cerca de 40% das operações na Bolsa de Valores brasileira são feitas por robôs

Um dado inédito sobre a atuação de "robôs" na Bolsa de Valores brasileira foi revelado nesta semana. Em 2014, cerca de 40% de todas as operações de compra e venda de ações foram realizadas por programas de computador dedicados a isso. Nos Estados Unidos, esse número chegou a 70% no mesmo ano.

A informação está no livro "A Finança Digitalizada: capitalismo financeiro e revolução informacional", do sociólogo e pesquisador do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) Edmilson Paraná. A obra chega às livrarias na quarta-feira, 25.

De antemão, o pesquisador revelou que essas operações comandadas por software levam cerca de 10 milissegundos - mais rápido do que um piscar de olhos, que demora 400 milissegundos. O objetivo dos administradores desses robôs é ganhar dinheiro com oscilações que normalmente passam despercebidas nos valores de ações.

Via Fernando Rodrigues

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ