Chefe de segurança deixará o Facebook e não será substituído

O Facebook não tem mais um chefe de segurança: Alex Stamos, que ocupava o cargo, anunciou a saída da empresa, e a rede social não planeja contratar um sucessor.

Chefe da divisão de segurança do Facebook há três anos, Stamos anunciou sua saída em um post na própria rede social. Ele vai deixar a empresa no dia 17 de agosto para se tornar professor em tempo integral na Universidade de Stanford.

A saída de Stamos ocorre em meio a um período bastante turbulento para o Facebook: a empresa enfrentou duras críticas nos últimos meses devido ao escândalo da coleta indevida de dados de usuários por parte da consultoria política Cambridge Analytica, além de ser constantemente questionada por causa da disseminação de informações falsas dentro da plataforma.

Ainda assim, apesar de todas as questões referentes à privacidade dos seus usuários, o Facebook escolheu por não substituir Stamos, de acordo com o The New York Times. A reportagem ainda diz que, segundo um memorando assinado pelo então chefe de segurança em janeiro, a área de segurança da rede social seria encerrada, e os funcionários distribuídos entre as equipes de produtos e engenharia.

O Facebook confirmou a reestruturação interna ao site The Verge. De acordo com um porta-voz da rede social, a nova configuração permitirá que especialistas de segurança atuem próximos a outras divisões para solucionar problemas específicos de cada área com mais facilidade.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ