China começa a desenvolver trem mais rápido do mundo, que chega a 600 km/h

Segundo informações da agência chinesa de notícias Xinhua, a empresa China Railway Roling Stock Corporation (CRRC) começou a desenvolver um trem de levitação magnética que chegará a velocidades de até 600 quilômetros por hora. Uma vez pronto, ele será o trem mais rápido do mundo.

A CRRC anunciou que construirá uma pista de cinco quilômetros de comprimento para testar a tecnologia. Atualmente, segundo o Smart Rail World, o país já utiliza trens de levitação magnética, mas que atingem velocidades de cerca de 100 km/h apenas.

O objetivo da empresa é reduzir o tempo de viagem entre Beijing e Shanghai de cinco horas para apenas duas. Um projeto desse tipo permitiria uma otimização de tempo e custo de diversos processos de transporte e logística do país. Além do trem mais rápido do mundo, a empresa também pretende criar trens mais "modestos", com velocidades máximas de 200 km/h e 400 km/h, para utilização em trechos menores.

Trem voador

Levitação magnética é uma tecnologia que permite que os trens fiquem "voando" sobre os trilhos. Para isso, os trilhos usam ímãs com a mesma polaridade que os trens que ficam sobre eles. A força magnética repele os trens dos trilhos, semelhante ao que acontece quando você tenta colocar um ímã na geladeira do lado errado.

Isso tem a vantagem de eliminar totalmente o atrito entre o trem e os trilhos. Sem atrito, os trens conseguem aproveitar melhor a energia de sua propulsão para andar muito mais rápido. Além disso, trens com essa tecnologia também acabam sendo mais eficientes em termos de energia, já que não perdem energia por causa do atrito. Segundo o China Daily, os trens da CRRC serão 10% mais eficientes que os trens mais rápidos usados na China atualmente.

De acordo com o The Verge, a rede de trens de levitação magnética da China é a maior do mundo. O país já possui quase 20 mil quilômetros de linhas desse tipo, construídas com um total de US$ 568 bilhões em recursos do governo chinês. Apenas a CRRC emprega um total de 175.700 pessoas, para se ter uma ideia da importância dos trens para a economia do país.

Mais rápido ainda

Embora os trens de levitação magnética usados na China cheguem a apenas cerca de 100 km/h, a tecnologia possibilita muito mais. De acordo com o The Next Web, o Japão já conseguiu fazer trens desse tipo chegarem a velocidades de cerca de 589 quilômetros por hora.

Trata-se da maior velocidade já atingida por um trem de uso comercial. No entanto, em abril desse ano, a força aérea dos EUA conseguiu ir ainda mais rápido usando essa tecnologia. Durante um teste, um foguete de levitação magnética criado pela força aérea chegou a 1018 quilômetros por hora (veja o vídeo).

Mesmo assim, essas velocidades ainda podem ser pequenas perto do que o Hyperloop promete. O projeto, idealizado por Elon Musk, combina a tecnologia de levitação magnética com tubos a vácuo para atingir velocidades de até 1200 km/h. Diversos países, como a Coreia do Sul, já estão realizando estudos de viabilidade para a implementação de um sistema desse tipo.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ