Claro começa a testar 4,5G na faixa de 700 MHz

A Claro, que já vinha testando a tecnologia 4,5G nas faixas de 1.800 MHz e 2.600 MHz em Anápolis (GO) desde novembro, começou agora a testar, na cidade de Rio Verde (GO), essas duas faixas, além de uma terceira, a de 700 MHz.

Essa é a primeira vez que uma operadora usa a faixa de 700 MHz, que foi adquirida pela Claro por R$ 2,9 bilhões em um leilão feito pela Anatel em 2014. De acordo com André Sarcinelli, diretor executivo de engenharia de redes do Grupo América Móvil Brasil, as faixas mais baixas, como é o caso da de 700 MHz, seriam melhores em termos de cobertura.

A expectativa da Claro é que que, com essa nova faixa, a velocidade média seja 45% maior do que a do 4G, chegando a alcançar até 300 Mbps. Isso fará com que a experiência seja a mais próxima possível da do 5G.
 
Carlos Zenteno, CEO da Claro, unidade Mercado Pessoal, afirmou que a frequência 700 MHz é um passo importante para o aprimoramento do 4G e a evolução até o 5G. "Apesar de a banda ainda não estar liberada para uso comercial, os testes permitirão à Claro aperfeiçoar os serviços já oferecidos e continuar liderando a inovação em serviços móveis no país".

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ