Comissão Europeia confirma que o Spotify está ajudando a combater a pirataria

Um estudo realizado por órgãos oficiais da União Europeia confirmou aquilo que o Spotify afirma desde o seu lançamento: o serviço de streaming de músicas ajuda a diminuir a pirataria.

O Centro de Pesquisas Comuns da Comissão Europeia comparou o efeito do Spotify sobre 8 mil artistas pirateados por sites de torrent. Eles descobriram que a cada 47 transmissões legais um download ilegal desaparece.

Como destaca o TorrentFreak, isso não significa necessariamente que a indústria musical esteja ganhando mais dinheiro graças ao Spotify. Na verdade, parte do estudo revela que o serviço tem um efeito neutro no mercado.

Isso porque, além de reduzir a pirataria, o Spotify também reduz a quantidade de downloads legais em serviços como iTunes. A cada 137 transmissões, um download legal desaparece. Como a relação é bem diferente se comparada com a da pirataria, o Spotify não tem impacto negativo.

“Dada a receita atual da indústria por venda de faixa (US$ 0,82) e a média de pagamento recebido por streaming (US$ 0,007), nossas estimativas de deslocamentos de vendas mostram que as perdas (...) são mais ou menos compensadas pelos ganhos em receita com streaming”, escreveram os pesquisadores.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ