Olhar Digital Pro

Gamificação

Como a gamificação pode mudar a relação entre colaboradores e empresa

Liliane Nakagawa 15/11/2019 22h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Além do feedback em tempo real, o aumento do engajamento e interesse dos colaboradores, uso de games facilita a mensuração de resultados

Já se animou para fazer um treinamento corporativo? Se a resposta foi não é porque você integra o enorme grupo de pessoas que coleciona experiências pouco memoráveis com processos de capacitação empresarial.


Essa resistência existe porque embora a demanda de treinamentos seja alta, as companhias ainda falham ao oferecer melhores experiências para seus colaboradores e procurar por melhores alternativas para otimizar a absorção de informações e aumentar a retenção de conhecimento.

Por isso, a gamificação tem sido cada vez mais utilizada nas organizações, já que entretem e diverte os colaboradores, aumentando seu engajamento através de mecânicas de jogos que servem para atingir melhores resultados em atividades da vida real. Além disso, quando a pessoa está relaxada, o aprendizado acontece de maneira mais fácil.

Mas por que adotar esse tipo de iniciativa dentro das empresas? A resposta é promover uma melhor experiência para as pessoas. Hoje essa busca em proporcionar uma melhor experiência para os usuários é o que tira o sono de qualquer empresa. A cada dia somos bombardeados por soluções que tornam a nossa vida mais fácil e mudamos a maneira como fazemos tarefas cotidianas.

Mas nos esquecemos que nossos colaboradores são também usuários de outras empresas e têm, na palma da mão, melhores experiências a cada dia. E continuamos a oferecer a eles as mesmas coisas que fazíamos há 10 anos atrás – materiais em Power Point, Telas de Sistema e por aí vai.

Neste contexto, a gamificação passa a integrar uma nova maneira de se relacionar com o trabalho. A área de recursos humanos não deve ser a única responsável pelo processo. Planejar uma nova forma de se comunicar no ambiente corporativo é dever de todos os envolvidos nas decisões estratégicas da companhia. A premissa básica é “por que não pode ser divertido tratar de questões importantes no ambiente de trabalho?”

Outras vantagens da gamificação no mundo corporativo

Além do aumento do engajamento e interesse dos colaboradores, o uso de soluções de games facilita a mensuração de resultados, permitindo um feedback em tempo real. Empresa e colaborador tem acesso aos desempenhos no jogo, o que permite que o líder avalie a evolução da equipe.

Quando usada, a gamificação permite que os seus usuários recebam recompensas e reconhecimentos, resultando em funcionários mais envolvidos e empenhados. Seja no treinamento, em materiais institucionais ou em um sistema de comunicação interna, ela ainda traz o benefício da redução de custos e tempo.

A lógica da recompensa, envolvida em qualquer jogo, influencia o envolvimento e resulta em funcionários mais empenhados para superar desafios. Tudo em um ambiente mais descontraído e propenso a gerar mais resultados a partir de plataformas que desencadeiam sentimentos positivos e otimistas nos usuários.

Daniel Sgambatti é CEO da Kludo, startup referência em gamificação para treinamentos

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do Olhar Digital

jogos gamificação treinamento corporativo
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você