Dell vê receita crescer, mas ainda tem prejuízo milionário no trimestre

A Dell conseguiu alguns bons resultados financeiros no segundo trimestre do ano fiscal de 2019. Sua receita para o período encerrado em 3 de agosto cresceu 18%, chegando à casa dos 22,9 bilhões de dólares. Os lucros ainda não apareceram, e o prejuízo registrado foi de 461 milhões de dólares. Mas, ainda assim, houve uma redução de 38% nas perdas em relação ao mesmo intervalo de 2017, em que a companhia ficou sem 739 milhões de dólares.

O resultado positivo foi impulsionado por crescimentos registrados nas áreas de infraestrutura (responsável por equipamentos de armazenamento e rede), soluções para clientes (produtos para o consumidor final) e VMWare (software para virtualização). A primeira aumentou em 24% sua receita, enquanto a segunda registrou um salto de 13% e a terceira, um de 11%.  

Os números ainda não foram suficientes para resolver todos os problemas da Dell, que fracassou nas tentativas de entrar no mercado de mobile e ainda perdeu boa parte de seus ganhos com vendas de desktops nos últimos anos. Seus investimentos mais pesados nas áreas corporativas, no entanto, aparentemente estão dando resultado, e é possível que a retomada recente nas vendas no mercado de PCs acabe ajudando a melhorar os números da empresa.

Como lembra a Bloomberg, esse crescimento deve colaborar para tirar do papel os planos de Michael Dell para reabrir o capital da empresa. A Dell deixou de ser listada na bolsa norte-americana em 2013, voltando a ser privada, mas o CEO da companhia já demonstrou intenção de fazer um novo IPO.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ