Donos de iPhone estão demorando mais para trocar de aparelho, diz pesquisa

A Apple lança um smartphone novo todos os anos e os clientes mais assíduos da marca trocavam de celular assim que um novo iPhone chegava ao mercado. Porém, uma pesquisa feita nos Estados Unidos mostra que os donos de iPhone estão esperando cada vez mais para trocar de aparelho.

De acordo com a CIRP (Consumer Intelligence Research Partner), há alguns anos, a média que uma pessoa fica com um iPhone até a troca por um modelo mais recente era de no máximo dois anos. Agora, a troca demora em torno de 2 anos e três meses.

Três meses de diferença parece pouco, mas quando se analisa esse aumento ao longo do tempo, percebe-se que é algo considerável. Em 2013, 35% dos iPhones tinham dois anos de uso quando foram trocados; no entanto, um ano depois, esse número já tinha subido para 50%.

Também em 2013, somente 5% dos donos de iPhone mantiveram o aparelho por três anos ou mais, sendo que essa quantia passou para 12% em 2016. Além disso, em 2013, 66% dos iPhones tinham sido adquiridos há, no máximo, um ano, mas agora, essa porcentagem caiu para 51%.

"Podemos apontar pelo menos duas razões para uma desaceleração no ritmo de compra de um novo iPhone", afirma o cofundador da CIRP, Josh Lowitz. "Primeiro, a quantidade de funções disponíveis no aparelho tem diminuído. E segundo, os planos oferecidos pelas operadoras agora encorajam os donos de iPhones a continuarem com ele por mais tempo".

Via Cnet

 

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ