Facebook deve lançar caixas de som inteligentes até julho

O Google lançou em 2016 o Google Home, e a Apple recentemente lançou o HomePod - dois alto-falantes inteligentes que respondem a comandos de voz. O Facebook deve ser a próxima gigante da tecnologia a entrar nesse mercado: segundo o site asiático Digitimes, a empresa deve lançar duas caixas de som inteligentes até julho deste ano. 

As duas caixas têm atualmente os codinomes "Aloha" e "Fiona", segundo fontes da cadeia logística de produção dos dispositivos ouvidas pelo site. As duas devem ter telas de alta resolução com 15 polegadas de diagonal, o que deve ser o principal diferencial delas com relação às outras soluções já disponíveis no mercado. Essa tela permitirá a interação do usuário com o auto-falante, mas também poderá ser usada para assistir a vídeos da rede social e fazer ligações pelo Messenger, por exemplo. 

Segundo o site, a "Aloha" será o modelo mais sofisticado, e será vendida sob o nome oficial de "Portal". Ainda de acordo com as fontes, a rede social pretendia lançar os dispositivos em maio, mas preferiu adiar a chegada deles ao mercado para melhorar a qualidade do som das caixas. A empresa também teria firmado parcerias com grandes monopolistas de direitos autorais musicais, como Sony e Universal Music, para permitir que ela fosse usada para fazer streaming de música também. 

Novo mercado

Todos os alto-falantes inteligentes do Facebook serão montados pela empresa taiwanesa Pegatron, que já fabricou dispositivos como iPads também. As telas dos aparelhos, por sua vez, deverão vir da LG. Segundo o Digitimes, os dois modelos terão telas; o The Next Web, no entanto, lembra que uma reportagem do ano passado da Bloomberg citava que apenas um deles teria tela. O outro, nesse caso, seria mais parecido com o Google Home ou o HomePod.

Esse lançamento será uma tentativa da empresa de entrar em um mercado que deve vender mais de 50 milhões de aparelhos em 2018, de acordo com uma estimativa da empresa de pesquisa Canalys. E segundo o site, essa será a primeira medida do Facebook no sentido de criar um ecossistema de dispositivos de vídeo ao longo dos próximos cinco anos. 

Por enquanto, o Facebook ainda não falou nada sobre os dispositivos, tampouco respondeu aos pedidos do The Next Web para comentar sobre o caso. Nenhuma imagem dos dispositivos está disponível por enquanto. Mas como o lançamento dos aparelhos deve acontecer até julho, é provável que mais informações apareçam em breve. 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ