Facebook vai abrir Messenger para editores distribuírem conteúdo

Os aplicativos de mensagens são uma nova plataforma pela qual editores podem distribuir seu conteúdo. Olhando para esse mercado, o Facebook está prestes a liberar o Messenger para a distribuição direta de conteúdo.

A novidade deve ser anunciada pela empresa durante o F8, sua conferência de desenvolvedores, que acontece em abril, de acordo com pessoas familiarizadas com os planos da companhia.

Na F8 do ano passado, o Facebook revelou que estava expandindo o aplicativo de bate-papo Messenger para uma plataforma semelhante a uma rede social. Na época, isso significava abrir o aplicativo para pessoas compartilharem informações de outros apps, usar GIFs e permitir que empresas pudessem usar o Messenger como canal para atendimento de clientes.

No início do ano a empresa também começou a testar uma ferramenta para que desenvolvedores criassem chatbots – simuladores de um ser humano em conversas online – para que os usuários pudessem fazer coisas como pedir um carro no Uber.

Aparentemente, o jornal alemão Bild foi o primeiro a testar a ferramenta, conseguindo distribuir artigos através do Messenger. Depois que os leitores começam uma conversa com a página do Bild, o chatbots lhes envia uma mensagem que descreve brevemente uma notícia e um link para o site do jornal para ler o artigo completo.

Não está claro como os editores podem ganhar dinheiro com o conteúdo que postarem no Messenger, mas é possível que os editores possam vender marcas em mensagens patrocinadas.

Via Marketing Land

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ