Funcionários do Facebook são os mais satisfeitos, diz pesquisa

De acordo com uma pesquisa da Payscale, um total de 96% dos funcionários do Facebook declararam ter um alto nível de satisfação com seu emprego. Além disso, apenas 44% dos trabalhadores da empresa disseram ter um alto nível de estresse com seu trabalho.

O levantamento entrevistou um total de 33.500 empregados de empresas de tecnologia nos Estados Unidos, tais como Google, Apple, Amazon, Microsoft, Adobe, Intel e IBM. O Facebook foi, ao mesmo tempo, a empresa que teve maior porcentagem de funcionários com alto nível de satisfação e a que teve menor porcentagem de funcionários com alto nível de estresse.

Com relação a maior satisfação, as empresas que ficaram atrás da rede social foram Google (89%), Adobe (84%) e eBay (78%). As companhias com menor percentagem de funcionários com alto nível de estresse, depois do Facebook, foram Adobe (47%), Cisco (52%) e Google (53%).

Por outro lado, a empresa de tecnologia com menor parcela de colaboradores altamente satisfeitos foi a IBM (59%), seguida por HP, Oracle e samsung (todas com 64%). A companhia com maior porcentagem de funcionários altamente estressados foi a SpaceX (88%), seguida de Tesla (70%), Samsung (69%) e Amazon (66%).

Dinheiro

Em termos de salário, o Facebook também esteve entre as melhores empresas da pesquisa: um trabalhador em início de carreira na rede social ganha anualmente US$ 116.800 em média. Atrás dela, ficaram LinkedIn (US$ 110.800), Google (US$ 106.900) e Microsoft (US$ 102.500). As empresas do segmento que pagam pior em início de carreira, segundo a pesquisa, são HP (US$ 65.400), Samsung (US$ 64.900), Oracle (US$ 71.400) e IBM (US$ 72.700).

Nenhuma das empresas, por outro lado, chegou a ter 50% de mulheres em sua força de trabalho. A empresa que chegou mais perto foi a eBay (43%), seguida de LinkedIn (42%), Samsung (37%) e Facebook (32%). As piores empresas com relação a igualdade de gênero foram SpaceX (14%), Qualcomm (20%), Cisco (23%) e IBM (25%). Apenas 6 das 18 empresas pesquisadas tinha mais de 30% de mulheres entre seus colaboradores.

Segundo o Huffington Post, um dos motivos que faz do Facebook um lugar tão bom para se trabalhar são os benefícios. Homens e mulheres têm direito a quatro meses de licença-maternidade (ou paternidade), o plano de saúde da empresa é gratuito para empregados solteiros e relativamente acessível para pessoas com dependentes. No entanto, a empresa não apareceu na última lista de 100 melhores locais para se trabalhar segundo a revista Fortune.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ