Gigante do ramo da saúde quer treinar cirurgiões usando aplicativo

A empresa Touch Surgery, que produz um aplicativo dedicado a treinar cirurgiões via smartphones e tablets, assinou recentemente um acordo com a Ethicon, empresa subsidiária da Johnson & Johnson dedicada a aparelhos médicos. O objetivo da parceria é incentivar o uso da ferramenta de treinamento da Touch Surgery por mais cirurgiões, segundo o TechCrunch.

Cirurgiões normalmente são treinados em um sistema de aprendizado: além de estudar, eles vão acompanhando cirurgias e assumindo papéis cada vez maiores nelas até se tornarem capazes de comandá-las. Embora as empresas reconheçam a qualidade desse método, elas argumentam que ele não é capaz de atender à demanda global por cirurgiões, e por isso os aplicativos seriam importantes.

iCirurgia

O Touch Surgery está disponível já para Android e iOS, e pode ser baixado gratuitamente por qualquer pessoa. Ele é dividido em módulos, cada um deles correspondente a um procedimento cirúrgico diferente, que precisam ser baixados individualmente dependendo do procedimento que o médico deseja praticar. Por enquanto, segundo a empresa, mais de 75 módulos diferentes já estão disponíveis gratuitamente, e mais ainda podem ser baixados mediante pagamento. O vídeo abaixo mostra o app:

Cada módulo é composto por uma série de representações dos procedimentos renderizadas em 3D, com as quais os cirurgiões em treino podem interagir. De acordo com a empresa, esses modelos são melhores até mesmo que vídeos na hora de treinar, já que eles são interativos e facilitam a visualização dos diferentes órgãos e vasos do "paciente".

Ao todo, de acordo com a empresa, mais de 1,5 milhão de pessoas já utilizam o aplicativo - o que faz dele a maior comunidade de cirurgiões do mundo. A ideia é que ele substitua também os simuladores de cirurgia usados em alguns hospitais e escolas de medicina. Embora sejam úteis, esses simuladores são extremamente caros, tanto para se adquirir quanto para se manter.





RECOMENDADO PARA VOCÊ