Gradiente sofre outra derrota no caso iphone

O juiz Eduardo André Brandão de Brito Fernandes, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, negou um recurso apresentado pela Gradiente quanto ao processo sobre o uso do nome iphone no Brasil. Com isso, a empresa sofre sua segunda derrota em uma semana, enquanto a Apple sai vitoriosa mais uma vez.

A Gradiente se opôs a uma decisão de Brito Fernandes publicada na semana passada em que fica determinado que a brasileira não é dona da marca iphone isoladamente e, portanto, o INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) deverá cancelar o registro já concedido e republicá-lo para deixar clara a nova situação.

"A sentença atacada demonstrou de forma clara e inequívoca as razões de decidir, não estando o julgador obrigado a se manifestar sobre todas as questões levantadas, devendo apenas indicar as razões de seu convencimento", explicou o juiz, ao negar o recurso.

Mas a Gradiente pode continuar lutando contra a decisão para tentar manter a exclusividade sobre a marca iphone.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ