Hillary Clinton afirmou que vai abrir arquivos de Área 51, caso seja eleita

Se depender dos teóricos da conspiração, Hillary Clinton será a primeira mulher a assumir a presidência dos Estados Unidos. A pré-candidata democrata à Casa Branca afirmou durante uma entrevista no Jimmy Kimmel Talk Show que irá abrir os documentos secretos da Área 51, caso seja eleita.

A base militar em Nevada é usada para testes de novas tecnologias. Há quem acredite que o lugar abriga muito mais do que ciência, como restos de alienígenas e discos voadores escondidos pelos militares.

O governo norte-americano admitiu sua existência em 1994, após 48 anos de funcionamento, e a CIA só reconheceu publicamente sua existência pela primeira vez em 2013, em resposta a um pedido de Liberdade de Informação, quando divulgou um documento afirmando que o local foi usado para testar aviões de espionagem.

“Se existe algo lá, a menos que seja uma ameaça à segurança nacional, eu acho devemos compartilhar com o público”, disse Hillary. “Espero fazer o máximo possível para tornar esse material público. Se não há nada lá, então vamos deixar as pessoas saibam que não há nada lá”, afirmou Hillary.

Quando o marido da pré-candidata, Bill Clinton, foi presidente dos Estados Unidos, ele chegou a realizar uma ação parecida, mas alegou não ter encontrado nada de relevante no local.

Via Independent e New York Daily News

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ