Internet das Coisas: IBM e ARM se unem para analisar dados em tempo real

A IBM anunciou na última quinta-feira, 3, uma parceria com a fabricante inglesa de chips ARM para analisar dados de milhões de aparelhos conectados à internet como máquinas, sensores meteorológicos, dispositivos vestíveis e monitores de atividades.

A Internet das Coisas já é realidade e deve se expandir ainda mais nos próximos anos. De acordo com uma pesquisa da IDC, o mercado de dispositivos conectados deve faturar US$ 1,7 trilhão em cinco anos.

A ARM já trabalha nesta tendência, através de um projeto chamado mbed (algo como "incorporar") que fabrica cerca de 1 bilhão de chips por semestre. Esse projeto contará com a ajuda da IBM, que vai integrar seus serviços de armazenamento na nuvem com a fabricante inglesa. A parceria também vai disponibilizar uma nuvem diferenciada para a análise dos dispositivos conectados e desenvolver um sistema operacional para os dispositivos conectados, com ferramentas de integração e desenvolvimento de aplicativos.

"Esta integração pode ajudar os clientes a melhorar o envolvimento, acelerar a inovação e melhorar as operações por meio da análise dos dados dos dispositivos conectados", explica a IBM.

 

 

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ