Microsoft lucra US$ 6 bilhões no 2º trimestre

Companhia deve desempenho positivo à divisão de Negócios

Marcelo Gripa, editado por Wharrysson Lacerda 18/07/2013 18h20
Microsoft Office
A A A
A desaceleração do mercado de PCs e o fraco desempenho do Surface RT atrapalharam a Microsoft, mas não a impediram de lucrar US$ 6 bilhões no segundo trimestre, US$ 192 milhões a mais do que no mesmo período em 2012.

A receita total saltou 10%, de US$ 18 bilhões para US$19.9 bilhões, mas não agradou os analistas de Wall Street, que previam US$ 20.73 bilhões para os meses entre abril e junho.

"Enquando os resultados foram impactados pelo declínio dos PCs, vemos uma grande demanda pelas nossas soluções empresariais e ferramentas para nuvem", avaliou a vice-presidente de finanças, Amy Hood.

A divisão de negócios da Microsoft - nuvem, pacote Office e outros softwares empresariais - "carrega" a empresa nas costas ao faturar US$ 4.8 bilhões, 80% do total. O Windows sofreu grande queda nos ganhos e registrou US$ 1.1 bilhão, contra US$ 2.4 bilhões em 2012.

Os serviços online da companhia melhoraram significativamente em relação ao ano passado, mas ainda dão prejuízo de US$ 372 milhões. Na divisão de entretenimento, a do Xbox, também houve prejuízo, de US$ 110 milhões.


Microsoft Office
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você