Netflix é o serviço de streaming que mais gasta com conteúdo

Na semana passada, a Netflix aumentou o preço da assinatura padrão e premium em alguns países e muitos usuários reclamaram dos novos valores, que passaram de US$ 9,90 para US$ 10,99, no padrão, e de US$ 11,99 para US$ 13,99, no premium. No entanto, a empresa parece ter um bom motivo para cobrar um pouco mais dos usuários.

Conforme relata o Recode, com base em dados da JPMorgan, o serviço de streaming é o que mais gasta com conteúdo no mercado. A empresa tem planos de gastar US$ 6 bilhões com a produção e compra de conteúdo só este ano, sendo que pretende aumentar o orçamento para US$ 7 bilhões para o ano que vem.

Isso é US$ 1,5 bilhão a mais do que o concorrente Amazon Prime Video e mais de 2 vezes do que a HBO e Hulu gastam – vale ressaltar que o Hulu opera apenas nos Estados Unidos, então os seus custos tendem a ser mais baixos. Veja o gráfico: 

Reprodução

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ