5G

Relatório prevê 150 milhões de assinaturas 5G no mundo até 2021

Victoria Amorim 18/11/2015 14h11
Compartilhe com seus seguidores
A A A

De acordo com o último Relatório de Mobilidade divulgado pela Ercisson, que mostra as tendências das redes móveis, até 2021 haverá cerca de 150 milhões de assinaturas 5G em todo o mundo. Os pioneiros na tecnologia serão os EUA, Coreia do Sul, China e Japão, portanto a maior parte dessas assinaturas deverão estar concentradas nesses países.

A vice-presidente de Marketing e Comunicação da Ericsson para a América Latina, Márcia Goraieb, afirmou que "O 5G é mais do que um serviço móvel mais rápido. Ele vai permitir novos casos de uso relacionados à Internet das Coisas". Um dos exemplos que ela usa para ilustrar esses novos casos é um protótipo para aplicações de funções da rede 5G e análise de dados de transportes públicos, que foi criado pela Ericsson. 

Outras tendências

O relatório apresenta outras tendências interessantes como, por exemplo, o que diz respeito ao consumo de vídeo móvel na América Latina. Até 2021 esse consumo deverá crescer cinco vezes, se tornando responsável por 70% do total do tráfego móvel.

Até  final de 2015 o número de smartphones na América Latina deverá chegar a 370 milhões, se tornando 50% dos aparelhos de telefonia da região. Quando a análise é expandida para 2021, esse número deverá aumentar para 640 milhões, se tornando 80% do total de aparelhos de telefonia.

Eles também revelam que no Brasil os aplicativos mais usados são o WhatsApp; o Chrome; o YouTube; o Facebook e o Gmail. Já entre os apps nacionais, os mais usados são os que tem alguma relação com sistemas bancários.

Via Ericsson

Celulares Telefonia Smartphones Telecomunicações 5G internet das coisas
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você