Rumor: Google tentou comprar Telegram por US$ 1 bilhão

De acordo com informações de dois sites russos, o Google tentou comprar o aplicativo de mensagens encriptadas Telegram por cerca de US$ 1 bilhão. No entanto, de acordo com as fontes, o negócio acabou não sendo fechado por resistência do próprio Telegram.

A disussão sobre a aquisição teria sido discutida entre os CEOs das empresas: Pavel Durov (do Telegram) e Sundar Pichai (do Google). Embora o Google tenha oferecido um valor total de US$ 1 bilhão à empresa responsável pelo aplicativo de mensagens, o CEO do Telegram teria recusado a compra, considerando que o acordo estava "fora de questão".

Mercado de mensagens

O provável objetivo da aquisição do Telegram pelo Google seria o desenvolvimento de um aplicativo de troca de mensagens que atualizasse ou substituísse o Hangouts. Segundo o Wall Street Journal, a empresa de Sundar Pichai está interessada em ampliar sua presença no mercado de mensagens, e está desenvolvendo um novo aplicativo do tipo desde ao menos dezembro do ano passado.

Esse mercado, no entanto, já é dominado pelo Facebook, que é responsável tanto pelo Messenger quanto pelo WhatsApp. Somados, os dois aplicativos processam cerca de 60 bilhões de mensagens por dia. Segundo o Business Insider, houve também rumores sobre uma compra do WhatsApp pelo Google antes de ele ser adquirido pelo próprio Facebook. 

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ