Saiba o que significa o "i" dos iPhones e produtos da Apple

iPhone, iPod, iMac... uma série de produtos da Apple tem nomes que começam com a vogal "i", e isso já virou uma espécie de tradição na forma da empresa dar nome aos seus novos lançamentos. No entanto, o que significa exatamente esse "i"?

De acord com um artigo do Independent, para encontrar a resposta, é necessário voltar até 1998, quando Steve Jobs apresentou o primeiro produto a ter um nome desse tipo: o iMac. Na apresentação do computador, Jobs disse que ele pretendia atender "o uso número um que os consumidores dizem que esperam de um computador: a internet".

"Embora esse seja um Macintosh completo, nós estamos  apontado ele para a principal função que os consumidores nos dizem que querem de um computador, que é entrar na internet - de maneira simples e rápida", continuou Jobs. O "i", nesse caso, significaria "internet" - mas não só isso.

Reprodução

Logo em seguida, Jobs mostrou um slide com um grande "i" e uma série de palavras ao lado: "internet" em primeiro lugar, mas também "indivíduo", "instruir", "informar" e "inspirar". "'i' também significa outras coisas para nós. Nós somos uma empresa de computadores pessoais, e ainda que esse produto tenha nascido para conectar, ele também é um lindo produto por si só", disse Jobs.

O evento no qual Jobs apresenta o iMac pode ser visto abaixo. O momento em que o iMac aparece acontece por volta de 15'55:



Voltando às origens

O nome, como se pode ver pela história acima, fazia total sentido para o iMac. No entanto, alguns produtos seguintes da empresa, como o software iTools e o iPod original, tinham apenas uma ligação bastante indireta com a internet, o que deixou a vogal um pouco estranha em seus nomes.

No momento do anúncio do primeiro iPhone em 2007, no entanto, o  "i" voltou a fazer sentido. Mais uma vez, o dispositivo tinha como objetivo atender à demanda de seus usuários por uma conexão simples e rápida com a internet. A diferença era que, agora, essa conexão deveria acontecer por meio do telefone celular.

Abaixo, é possível ver o evento em que jobs anunciou o primeiro iPhone. A apresentação do dispositivo começa por volta de 21'50'': 



Desde então, porém, praticamente todos os dispositivos da Apple - e do mercado de eletrônicos em geral - têm conexão com a internet de alguma maneira. Nesse contexto, incluir o "i" no começo dos nomes dos aparelhos acabou perdendo de novo o sentido, uma vez que consumidores já esperam que a conectividade exista.

Coerentemente, a Apple abandonou essa tradição de nomes para suas linhas de produto mais recentes. Seu relógio inteligente, por exemplo, se chama "Apple Watch", e não "iWatch"; seu aparelho de streaming de vídeo se chama "Apple TV", e não (felizmente) "iTV". O logo da maçã, mordida, no entanto, continua a aparecer.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ