Samsung diz que crise do Galaxy Note 7 é uma oportunidade para empresa

A Samsung parecia estar destinada a dominar o mercado mundial de smartphones no segundo semestre deste ano, até o fracasso do Galaxy Note 7. No entanto, mesmo com os problemas de superaquecimento, recall e retirada do mercado do último dispositivo da marca, a empresa parece estar positiva.

O presidente-executivo da Samsung, Kwon Oh-hyun, afirmou nesta terça-feira, 1º, que a companhia deve aproveitar esse momento de crise para melhorar. Em comunicado para os funcionários da sul-coreana, o executivo afirmou que este é um momento para todos refletirem sobre o seu próprio trabalho, sem fazer menção ao caso do Note 7.

"Temos uma longa história de superação de crises”, afirmou Kwon. "Vamos usar essa crise como uma chance para dar outro salto ao reavaliarmos e melhorarmos completamente como trabalhamos, como pensamos inovação e nossa perspectiva dos clientes".

Agora, a expectativa do mercado é em relação ao Galaxy S8, que deve ser lançado no início do ano que vem.

Via SamMobile

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ