Samsung investe US$ 8,9 bilhões em pesquisa e desenvolvimento

A gigante sul-coreana investiu o valor no primeiro semestre deste ano. Avanço foi de US$ 5 milhões em relação ao mesmo período de 2019; empresa também fechou fábricas na China após pressão

Da Redação, editado por Daniel Junqueira 17/08/2020 17h30
Samsung
A A A

A Samsung anunciou que investiu cerca de US $ 8,9 bilhões em pesquisa e desenvolvimento só no primeiro semestre de 2020, uma marca recorde para o conglomerado. Este valor investido em P&D representou 9,8% das vendas da empresa no primeiro semestre deste ano. Os cinco principais clientes da Samsung no primeiro semestre de 2020 foram a Apple, Deutsche Telekon, Tektronix Hong Kong, Huawei e Verizon.


No ano passado, a empresa de tecnologia gastou por volta de US$ 8,4 bilhões durante o primeiro semestre. Em todo ano de 2019, a Samsung investiu cerca de US$ 16,5 bilhões, se consagrando como uma das marcas que mais investe em pesquisa e desenvolvimento no mundo.

Além do investimento em P&D, a empresa também fez por volta de 1,4 mil novas contratações, elevando seu quadro na Coreia do Sul para pouco mais de 100 mil funcionários.

digital-marketing-1725340_1280.jpg Empresa investiu US $ 8,9 bilhões no primeiro semestre deste ano e US $ 8,4 bilhões em 2019. No passo passado inteiro a empresa investiu cerca de US $ 16 bilhões em pesquisa e desenvolvimento. Créditos: Pixabay

Fruto do investimento 

Com o investimento que a empresa tem feito recorrentemente nos últimos anos, a coreana atingiu marcos importantes. Cerca de 32% do mercado de TV e 16,3% do mercado de celulares era dominado pela empresa só na Coreia do Sul durante o primeiro semestre de 2020. Já sua participação no mercado de DRAM (Memória de Acesso Randômico) e de telas de smartphones foi de 43,8% e 41,3%, respectivamente.

Pressão chinesa 

A empresa sul-coreana já vinha há alguns anos preocupada com seu futuro na China. Nos últimos anos, segundo a própria Samsung, as marcas chinesas reduziram a receita da empresa em todas as categorias de produtos, o que acabou impulsionando ainda mais a necessidade de investimento em pesquisa e desenvolvimento. Com isso, ano passado, a empresa decidiu fechar sua última fábrica na no país.

Pouco antes do fechamento na China, a Samsung inaugurou sua maior fábrica de celulares em Noida, na Índia, com potencial para se tornar o principal centro de fabricação da Samsung no futuro.

Fonte: Gizchina

Apple Samsung China Huawei smartphone Coréia do Sul
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você