ti, tecnologia da informação, teclado

Sindicato rejeita proposta salarial de empresários de TI

Redação Olhar Digital 01/02/2016 12h12
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Terminou sem acordos a 4ª rodada de negociações entre os trabalhadores e os empresários de TI de São Paulo, realizada na última sexta-feira, 29. No encontro, o sindicato patronal ofereceu aos profissionais um reajuste de 8%, parcelado em duas vezes (janeiro e julho), com abono salarial de 1,6% (sobre o salário anual) a ser pago em setembro. A comissão de negociação do Sindpd recusou novamente a proposta. "Sem repor a inflação, a gente não negocia", afirmou Antonio Neto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo, o Sindpd.

Segundo o presidente, ao contrário do que os empresários defendem, o setor de tecnologia da informação deve crescer 2,6% em 2016. “Ainda que o percentual de crescimento tenha sido um pouco menor do que nos outros anos, o segmento dá claros sinais de estabilidade mesmo neste momento de maior retração da economia. Outro ponto que precisa ficar claro é que esta negociação busca repor as perdas salariais de 2015, a categoria teve seu salário corroído e precisa ser reparado, afinal o lucro do setor é oriundo desta força de trabalho”, afirmou Neto.

A próxima rodada de negociação está prevista para acontecer na próxima quarta-feira, 03, às 14h. Até lá, o presidente do Seprosp indicou que realizará uma nova assembleia com os empresários para discutir possíveis avanços na proposta.

TI Empregos empresa Empresas
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você