Conta de usuários antigos da Netflix vai subir no Brasil

Atualizado: A assessoria de imprensa da Netflix informou que não há previsão de aumento de mensalidade no Brasil. O que está acontecendo é o o fim do "grandfathering" – período de desconto que a empresa dá para usuários antigos quando faz alguma alteração de preço – que usuários antigos direito tinham desde 2014, quando aconteceu o primeiro aumento de preço nos Estados Unidos. 

Ou seja: usuários antigos foram protegidos temporariamente do aumento. Este período de proteção chegou ao fim, e o preço de assinantes de longa data deve se igualar ao dos assinantes mais novos.

Desde que começou a funcionar no Brasil, em setembro de 2011, a mensalidade do serviço já passou por algumas mudanças. No começo, o preço era de R$ 14,90, passando para R$ 15,90, em 2013, o pacote Básico; R$ 16,90, o pacote Padrão; e R$ 25,90, o Premium.

No ano seguinte, os preços passaram para R$ 17,90 (Básico), R$ 19,90 (Padrão) e R$ 26,90 (Premium). Os atuais valores para novos assinantes são: R$ 19,90, R$ 22,90 e R$ 29,90, respectivamente.

No final do ano passado, a Netflix aumentou o preço da mensalidade para novos assinantes para incluir filmes com qualidade HD no serviço. Agora, os consumidores mais antigos devem sofrer reajuste na fatura no mês que vem. 

Essa, pelo menos, é a previsão para os usuários dos Estados Unidos. A empresa já anunciou que irá cobrar os US$ 9,90 dos 17 milhões de clientes que antes pagavam US$ 7,90 – esse valor era cobrado dois anos atrás, quando teve um aumento para US$ 8,90.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ