Toda programação da TV estará na internet em 10 a 20 anos, diz CEO da Netflix

Em entrevista à rede norteamericana de televisão por assinatura CNBC no domingo, 20, o CEO da Netflix, Reed hastings, falou sobre o futuro do mercado de televisão e vídeo. De acordo com o executivo, em um período de 10 a 20 anos a partir de hoje, todos os programas, filmes e atrações que atualmente vemos na televisão estarão na internet.

Durante a entrevista, Hastings comentou sobre a competição entre seu serviço e as empresas de TV a cabo. Segundo ele, atualmente poucas pessoas deixaram de assinar TV a cabo por conta do Netflix, "mas isso é uma preocupação no longo prazo". Mesmo programas de esporte, que continuam sendo um dos principais trunfos das operadoras de TV a cabo, serão disponibilizados na internet no futuro.

Para o CEO da empresa, o principal motivo para o sucesso de seus negócios é a forma interativa de assistir programas que ele possibilita. "As pessoas adoram poder clicar e assistir, é interação muito mais normal do que esperar até as 6h ou as 8h por um programa específico". 

Outro motivo para o sucesso da Netflix é sua capacidade de análise de dados dos programas que disponibiliza. "Nós somos uma máquina de aprendizado. Cada vez que nós lançamos um novo programa, nós o analisamos, descobrimos o que funciona e o que não funciona para que possamos fazer melhor da próxima vez", comentou.

Mercado da internet

Hastings afirma que o motivo pelo qual o serviço conseguiu se manter livre das taxações solicitadas por empresas de telecomunicações é o fato de ele operar na internet. "A internet não perdeu muitas batalhas políticas", disse.

Apesar da resistência de alguns setores, as novas possibilidades de mercado oferecidas pela internet têm mudado nossas maneiras de consumir e interagir em sociedade, disse o CEO. "Os taxistas não conseguiram segurar o Uber, o Walmart não conseguiu segurar a Amazon, então é uma questão setorial", complementou.

Postura da empresa

Hastings falou ainda sobre a política de contratação da empresa: segundo ele, "nossa filosofia é contratar as pessoas certas e pagá-las muito bem, e por meio disso conseguimos tremenda lealdade, baixa rotatividade e grande comprometimento com os clientes".

Os Emmys, segundo o executivo, não devem ser vistos como indicativos de sucesso ou derrota da empresa. "Os Emmys refletem o gosto de uma elite, e esse é um setor excitante, mas nós também queremos ser populares e abrangentes", finaliza.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ