Uber firma acordos com locadoras para ter motoristas em carros alugados

Pelo menos três locadoras de carros firmaram convênio com a Uber em São Paulo para permitir que motoristas cadastrados trabalhem sem a necessidade de possuir veículo próprio.

O esquema envolve Localiza, Unidas e Movida, empresas que, segundo a Folha de S.Paulo, oferecem de 10% a 20% de desconto na locação para quem tiver cadastro na Uber. O aluguel mensal pode variar entre R$ 1,4 mil a R$ 3 mil, mas se torna necessário porque a empresa só permite uso de carros novos para o trabalho de transporte de passageiros.

A tática não é vista como ilegal pela Prefeitura, que recentemente aprovou uma regulamentação específica para empresas que atuam da mesma forma que a Uber. E a locação não chega a ser novidade na cidade, uma vez que vários taxistas rodam com carros e alvarás alugados.

Só que o esquema impõe jornadas excessivas aos trabalhadores, um problema antigo para os taxistas que acaba gerando falhas no atendimento e agora pode chegar à Uber. Motoristas ouvidos pela Folha relatam planos de trabalhar até 16 horas por dia na intenção de superar o valor do aluguel e obter algum lucro.

O negócio é tão vantajoso que um ex-motorista da Uber chamado César Macedônia resolveu pedir financiamento para montar uma frota de carros de aluguel para essa finalidade. “Em um mês [após após se tornar motorista], vi que podia faturar mais se alugasse carros para outras pessoas dirigirem para o Uber”, relatou ele, que cobra R$ 500 por semana e já conta com 60 veículos.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ