Uma única notícia fez a bitcoin e outras moedas despencarem até 20%

A bitcoin e outras criptomoedas podem ser o dinheiro do futuro e um investimento incrivelmente rentável no curto prazo, mas, se você precisava de um lembrete de como esse mercado ainda é especulativo, ele aconteceu nesta semana com um fato que causou a queda de 20% no valor de várias moedas do tipo.

O fato em questão aconteceu na China, que baniu a realização dos ICOs, sigla em inglês para “oferta inicial de moedas”. A prática se popularizou nos últimos tempos entre empresas com o objetivo de angariar fundos e possui algumas similaridades ao IPO, em que a companhia abre seu capital e negocia seus papéis na bolsa de valores.

Na prática, o método envolve que o investidor dê algumas moedas, sejam elas bitcoins, sejam elas ethereum, em troca de tokens que podem ser comprados de volta pela empresa ou negociados. Esses tokens podem se valorizar, proporcionando uma recuperação rápida do investimento.

A China, no entanto, viu irregularidades na prática, o que fez com que o Banco Central local agisse para bani-la. O governo observou que, em alguns dos casos, a oferta nada mais era do que golpe, muitas vezes funcionando como pirâmide financeira.

O resultado disso foi uma desvalorização súbita em praticamente todas as principais moedas, chegando a 20% de queda em alguns dos casos. Isso dito, o mercado já começou a apresentar um repique para a alta após a queda brusca. Desta forma, a bitcoin, por exemplo, acumula uma baixa de 4,78% na semana, valendo US$ 4.390, enquanto a ethereum acumula queda de 17,19% na semana, cotada atualmente em US$ 309.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ