Vendas de smartphones no Brasil caíram 13% em 2015

Após cinco anos de altas consecutivas, as vendas de smartphones no Brasil sofreram uma queda em 2015. Em relação ao ano anterior, o mercado de celulares inteligentes recuou 13,4%, caindo para 47 milhões de unidades vendidas. Os números foram revelados pelo instituto de pesquisa IDC nesta segunda-feira, 14.

Segundo Leonardo Munin, analista de pesquisa da IDC, o recuo se deve ao aumento da cotação do dólar frente ao real e também a um "ano muito difícil para a economia". "Mesmo com alguns fabricantes nacionais apostando no mercado de celulares, os insumos são importados e, ao longo do ano, foi necessário fazer de três a quatro repasses nos preços dos aparelhos", disse.

Apesar disso, o faturamento do mercado de smartphones foi maior, mesmo com menos vendas. Segundo o IDC, o crescimento nesse sentido foi de 1,2%, o que poderia ser explicado por uma mudança de hábitos do consumidor. "Os anos de 2013 e 2014 foram marcados pela popularização do smartphones. Em 2015, houve uma mudança no comportamento dos consumidores, que passaram a investir em celulares mais caros."

Além disso, o IDC notou que o ciclo de vida dos celulares também ficou maior, passando de um ano e meio para dois anos. O cenário da economia e o novo perfil dos usuários, que agora ficam mais tempo usando smartphones mais caros e melhores, também pode influenciar a próxima medição. De acordo com o instituto, a previsão é de que uma nova queda seja registrada ao fim de 2016: 13%.

Via IstoÉ Dinheiro

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ