Gravação em rede pode proteger seu negócio

A segurança dos dados, dos equipamentos e do ambiente de trabalho é uma das principais preocupações das empresas. E o monitoramento por vídeo, com sistemas de câmeras, acaba sendo um dos investimentos mais interessantes em busca desta segurança.

As câmeras, no entanto, são apenas um pequeno passo nesse cenário. Embora seja necessário capturar as imagens, é igualmente importante poder acessá-las com conveniência, armazená-las de maneira organizada e criar um sistema gerenciável de gravações que ofereçam informações relevantes.

Um dos desafios nesse sentido é justamente o tamanho dos arquivos. Gerenciar arquivos entre diferentes câmeras e servidores é um processo demorado e pouco eficiente. Mesmo a centralização das gravações em um só sistema de gravação digital pode ser insatisfatório, nesse caso, porque falta a esse sistema um componente central nos ambientes de trabalho de hoje: a rede.

Os NVR (Network Video Recorders) podem ser úteis. Diferentemente dos DVRs (Digital Video Recorders), eles recebem suas imagens da rede, e não de uma conexão direta com uma placa de captura de vídeo. São, portanto, ideais para projetos de monitoramento com câmeras IP.

Por outro lado, eles também são capazes de trabalhar de maneira híbrida com DVRs. Podem, inclusive, ser usados como backups para DVRs em tempo real, criando um sistema mais seguro de monitoramento graças à gravação e armazenamento com redundância das imagens - diminuindo a chance de que algo se perca no processo.

A Intelbras possui uma série de NVRs indicados para projetos de pequeno, médio e grande porte. Outra vantagem é a capacidade de gerenciamento e monitoramento dos dados através da rede.

O NVD 7032 da Intelbras, voltado para projetos de grande porte, grava e monitora imagens de até 32 câmeras IP em resolução Full HD a 30 quadros por segundo. Com isso, ele torna possível a criação de circuitos internos fechados de imagens totalmente IP, sem a necessidade de servidores na rede - o que pode acabar cortando custos. Conta também com duas interfaces de rede. Desta forma, caso algum link falhe, o NVR continua enviando as informações.

O dispositivo possui capacidade para até 8 HDs de 6 terabytes cada, evitando a perda de detalhes. E, graças à sua conexão, também possibilita o gerenciamento remoto dos arquivos e o controle a distância: na ocorrência de um evento, como detecção de movimento ou alarme, ele envia imagens para servidores remotos, e-mails ou até mesmo celulares configurados.

Clique aqui e aprenda como usar o NVR como backup em tempo real de um DVR.