Integração de tecnologias de telefonia facilita nossa comunicação

Quando nos referimos a empresas de computadores, dados e conexões, não é à toa que usamos a sigla “tecnologia da informação”: a informação amplamente disponível talvez seja a melhor definição para o nosso mundo atual. E a nossa capacidade de apreendê-la e utilizá-la é essencial para o nosso trabalho, independentemente do ramo de atuação.

A informação digital pode assumir formas diferentes, e elas nem sempre conversam entre si. É o que acontece, por exemplo, quando você tenta instalar um programa para Windows em um computador da Apple, ou quando precisa transferir arquivos de um cartão SD para um computador que não possui entrada para cartão. Em situações como estas, a necessidade de integrar diferentes tecnologias fica evidente.

O segmento de telefonia é um dos que vêm percebendo a importância dessa integração. Raramente paramos para analisar como utilizamos tecnologias diferentes para conversar pelo telefone, mas elas estão integradas. Em um passado recente, quando surgiram os celulares, as ligações eram realizadas somente entre eles. Depois, foi a vez da rede móvel se comunicar com a rede de telefonia fixa existente. Por fim os computadores também passaram a se comunicar com estas redes, formando uma rede integrada de comunicação, onde o usuário vai completar sua ligação, independente da tecnologia utilizada, seja fixa, móvel, ou digital/IP.

A necessidade desta integração no mundo corporativo é evidente em nossos dias, tanto sob o aspecto tecnológico, quanto econômico, mantendo a eficiência e qualidade de qualquer sistema. As empresas recebem diariamente centenas de ligações de todos os tipos e precisam de uma central que consiga reconhecê-las e distribuí-las, rapidamente. A Intelbras oferece diversos produtos de integração, por exemplo, a linha de centrais Impacta, indicadas para vários tipos de ambientes, desde pequenos escritórios a grandes corporações. Essas centrais são capazes de integrar em uma única central telefônica as tecnologias analógica, digital/IP, e GSM, trazendo grandes benefícios e, principalmente, a redução de custos, cada vez mais exigida no cenário atual de mercado.