Compartilhe com seus seguidores
A A A

Carro autônomo ganha inteligência artificial de piloto

Henrique Freitas, editado por Renato Santino 01/04/2019 20h03

Teoricamente, os carros autônomos serão muito mais cautelosos do que você ao volante. Boa parte da ideia de desenvolver veículos que dirigem sozinhos é justamente retirar da equação o item que mais causa acidentes de carro mundo afora: os humanos. Só que um grupo de pesquisa da Universidade de Stanford, na Califórnia, acredita que, para alcançar isso, um dos caminhos mais curtos é justamente colocar os carros autônomos à prova. Para isso, uma rede neural foi conectada a este automóvel, e ele foi levado para um pequeno autódromo na região do Vale do Silício. Para os engenheiros envolvidos no projeto, o objetivo é fazer com que o carro autônomo tenha um desempenho nas pistas digno de pilotos profissionais. Eles acreditam que, assim, aprendendo habilidades que vão muito além das dos motoristas comuns, os carros autônomos podem ser ainda mais seguros. A rede neural criada por eles é um tipo de inteligência artificial que foi alimentada com 200 mil amostras de deslocamento. Eles acreditam que uma inteligência artificial dotada desse tipo de conhecimento pode ter reflexos muito mais rápidos e assertivos que os de um humano. A pesquisa ainda está no começo. Mas, pelas imagens, já dá para ver que o projeto tem futuro...

Inteligência Artificial carros autônomos
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você