Compartilhe com seus seguidores
A A A

Justiça proíbe corte de serviços de telecomunicações

Matheus Luque, editado por Elias Silva 06/04/2020 20h12

De acordo com decisão liminar, a Agência Nacional de Telecomunicações não pode suspender ou interromper o fornecimento de serviços de telecomunicação residenciais em São Paulo durante o período de emergência causado pela ameaça do novo coronavírus. O pedido foi feito pelo Instituto de Defesa do Consumidor.

 

A decisão é contra o corte de serviços considerados essenciais durante a pandemia. A primeira liminar, registrada no Rio Grande do Sul, era limitada a grandes operadoras, como Vivo, Claro, TIM e Oi. Agora, não há distinção para o tamanho da empresa. No entanto, assim como a primeira, a decisão só é válida no estado onde foi registrada.

Telecomunicações São Paulo telecomunicação covid19
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você