Laboratório Digital: testamos os melhores tablets no Brasil

Três tablets top de linha na arena para uma batalha que promete ser acirrada. No Laboratório Digital deste mês avaliamos os principais tablets disponíveis no mercado brasileiro. Testamos os aparelhos da Apple, Lenovo e Samsung. Por se tratarem de dispositivos top de linha, funções e qualidade não faltam em nenhum dos aparelhos. Mas, para eleger um vencedor, vamos às comparações entre  iPad Air, da Apple; Yoga Tablet 10, da Lenovo; e Galaxy Tab S, da Samsung.

DESIGN

Como sempre, o design é a primeira impressão. Todos os aparelhos possuem acabamento em metal. A gente concorda que design é questão de gosto, mas preste atenção em alguns detalhes que podem fazer diferença. O mais pesado é o Yoga 10, da Lenovo, com 610 gramas; em seguida, iPad Air e Galaxy Tab S têm praticamente o mesmo peso: 478 e 467 gramas respectivamente. 

O Lenovo traz um desenho interessante, com um apoio acoplado que permite deixá-lo assim, em pé; e até facilita na hora de segurar o aparelho. O Yoga tem 8,1 milímetros de espessura. Mais uma vez, iPad Air e Tab S ficam bastante próximos; o tablet da Apple tem 7,5 e o Samsung, 6,6 milímetros de espessura. Ainda que seja questão de opinião, no quesito design, Apple e Samsung começam essa disputa com um empate técnico; os dois dispositivos se destacam, são bem finos e elegantes.

TELA

A tela de de LCD de 10,1 polegadas do Lenovo traz embarcada a tecnologia IPS e tem definição HD de 1280 por 800 pixels. O iPad também utiliza a tecnologia IPS, que permite maior ângulo de visão, mas a Retina Display da Apple de 9,7 polegadas tem luz traseira de Led e uma resolução ainda melhor, de 2048 por 1536 pixels. O Samgung traz não só a maior tela – 10,5 polegadas – mas também a maior definição; tela AMOLED de 2560 por 1600 pixels. 

Aqui ficamos com dois patamares para comparar. Lenovo com sua tela HD e Apple e Samgung com telas Full HD. O Yoga, claro, fica na terceira posição, abaixo dos seus adversários. Em segundo lugar, o iPad Air não deixa a desejar na fidelidade de cores e alto brilho. Quem já utilizou um dispositivo Apple conhece a qualidade das telas Retina Display. Agora a definição superior do Galaxy Tab S é surpreendente. O contraste, brilho e cores da tela Amoled do dispositivo impressionam e não deixam dúvidas; neste round, o dispositivo coreano leva a melhor. 

PERFORMANCE 

Por se tratar de tablets top de linha – os melhores de cada marca – a performance de todos eles é superior à maioria dos modelos encontrados no mercado. Mas ainda assim, é possível notar certa diferença entre eles. Primeiro, vale dar uma olhada nos números. iPad Air e Yoga 10 possuem um giga de memória RAM; já o dispositivo da Samsung traz 3 giga de RAM. 

O Lenovo tem no seu coração um processador de quatro núcleos com 1.2 gigahertz de velocidade. O processador A7 de 64 bits do iPad Air também tem apenas dois núcleos e clock de 1,3 gigahertz, mas vale lembrar: neste quesito, vence o dispositivo que apresenta melhor desempenho do conjunto de hardware e software. O aparelho da Samsung mais uma vez se destaca, pelo menos em números: o processador quad-core atinge até 1.9 gigahertz de velocidade.

Se o que determina o vencedor neste round é a combinação do sistema operacional e o processamento do aparelho, aqui o mais justo é decretar mais um empate técnico entre iPad Air e o Galaxy Tab S. Os dois aparelhos são extremamente rápidos.

SISTEMA OPERACIONAL 

No Laboratório Digital, a gente não atribui vencedores nesta fase do comparativo; sistema operacional é questão de gosto. Mas algumas informações importantes podem ajudar na hora de decidir.

Dos três modelos, apenas um tem sistema operacional diferente. O iPad Air e o novo iOS8. As outras fabricantes adotam o Android, software de desenvolvimento liderado pelo Google. Lenovo e Samsung trazem a última versão Kit Kat instalada no aparelho. Interessante é que Samsung opta por recursos próprios, ou seja, programas que modificam a usabilidade do sistema; os Galaxy Apps.

CÂMERA 

Antes de experimentar as câmeras, as definições de cada aparelho. O Lenovo e o iPad têm câmeras de 5 megapixel; já o Galaxy tem 8 megapixel. O tablet da Apple de diferencia pela lente de cristal com cinco elementos ópticos; enquanto o da Samsung é o único com flash de Led.

As fotos no Lenovo Yoga 10 ficam boas, mas ainda são inferiores às dos seus concorrentes. O aplicativo da câmera traz diversos controles e a qualidade já é comparada aos smartphones intermediários encontrados no mercado. Mais uma vez, em um patamar bem mais elevado, apesar da mesma quantidade de megapixels do Lenovo, está o iPad Air. A definição da imagem e fidelidade de cores é bastante superior. E o novo sistema operacional iOS8 traz funções interessantes como timer para selfies, time-lapse, fotos panorâmicas e até controle de luminosidade na hora do clique. Mas o round, mais uma vez, é vencido facilmente pelo Galaxy Tab S, da Samsung. A câmera de 8 megapixels combinada com a tela de altíssima definição impressiona. A fidelidade de cores é a maior da categoria e o aplicativo para fotografar é o mais completo dos três modelos. O flash é bastante útil quando as condições de baixa luz; e a câmera frontal do modelo coreano também é HD, com 2,1 megapixels. Assim fica fácil escolher...

Claro, todos os smartphones testados também gravam vídeos e trazem câmeras frontais. Como acabamos de dizer, a câmera frontal do Galaxy Tab S impressiona. O dispositivo grava vídeos em Full HD com 30 quadros por segundo. O iPad Air, também filma em Full HD e traz um estabilizador de imagens para evitar vídeos tremidos. Assim como seu principal concorrente, a câmera frontal, apesar de ter apenas 1,2 megapixel, também grava em alta definição. O que chamou nossa atenção negativamente foi o posicionamento da câmera do Lenovo Yoga 10; a câmera fica justamente na parte inferior que eles fizeram para segurar melhor o aparelho – na maioria das vezes, para fotografar na horizontal, seu dedo estará na frente. Mais inteligente, para facilitar imagens verticais e horizontais, o aparelho da Samsung é o único que traz a câmera estrategicamente colocada no meio do dispositivo.
a

ARMAZENAMENTO 

O modelo com maior espaço de armazenamento é o iPad Air, com 64 giga de memória. Em seguida, os modelos da Lenovo e Samsung trazem 16 giga de espaço interno, mas oferecem a possibilidade de ampliar – e bastante essa memória – com o uso de cartões microSD. Assim, com a possibilidade de expansão e com a ideia de que memória nunca é demais, neste quesito Lenovo e Samsung alcançam um empate mais do que justo. 

BATERIA 

Testar bateria é um pouco complicado, mas experimentos e informações dos próprios fabricantes dão conta do seguinte: o Galaxy Tab S, da Samsung tem bateria com capacidade de 7900 miliampere-hora. Segundo dados da própria Apple, o iPad Air tem duração de até 10 horas de uso em Wi-Fi, com seus 8600 miliampere-hora. A Lenovo, promete a melhor eficiência energética da categoria; uma bateria de 9000 miliampere-hora com duração de até 18 horas de uso com uma única recarga. E com esses dados, a Lenovo vence o round “bateria”.

CONECTIVIDADE 

Bluetooth 4.0, Wi-fi e GPS todos os modelos testados possuem. Conexões 3G ou 4G, apenas iPad e Galaxy Tab S trazem e acabam ficando empatados aqui também.

EXTRAS 

O Galaxy Tab S tem uma função de ultra economia de bateria e traz um sensor biométrico de reconhecimento de impressão digital bem preciso para destravar o aparelho. O modelo também traz um sensor infravermelho de LED que permite usar o tablet como controle remoto universal em uma série de aparelhos. 

PREÇO 

Claro, sua decisão pode pesar no bolso. O Lenovo Yoga 10 é o mais barato dos três, com preço sugerido de 1250 reais. Em seguida, o Tab S, da Samsung, é vendido por 2050 reais. O mais caro, mas não muito mais do que seu maior concorrente é o iPad Air, que é encontrado nas lojas por 2250 reais.

É importante destacar que no Laboratório Digital não estamos avaliando custo-benefício, mas sim o melhor tablet top de linha. Apesar de ser o mais barato dos três, o Lenovo Yoga 10 fica com a terceira colocação nessa corrida. Ainda assim, o modelo se destaca pela melhor bateria entre os três e a possibilidade de ampliar a memória interna com um cartão microSD. Em segundo lugar ficou o iPad Air, da Apple. O dispositivo apresenta excelente performance e o design que a marca da maçã sempre se destaca. Mas o grande campeão desta vez foi o Samsung Galaxy Tab-S. O dispositivo apresenta desempenho incrível com seus 3 giga de memória RAM e seu processador de quatro núcleos. O tablet coreano impressionou pela qualidade da tela Amoled e também com sua câmera de 8 megapixel – aliás, é o único modelo com flash de Led embutido. Isso sem falar na eficiência energética e no leitor biométrico. Todas essas vitórias parciais consagraram o Tab S o vencedor desta vez.

E você, o que acha da nossa decisão? Já experimentou ou conhece afundo um desses três dispositivos? Acesse olhardigital.com.br e divida sua opinião com a gente.

 

 

 



RECOMENDADO PARA VOCÊ