Região brasileira pode se tornar (quase) um deserto em breve

A única área verde do Nordeste pode virar deserto

O agreste está sendo engolido pelas áreas desérticas ao redor e já diminuiu em mais de 50% só no ano passado

A devastação não é de hoje e vem acontecendo desde a década de 1990. Desde 1993, governo e cientistas vêm monitorando a situação do semiárido brasileiro

As informações estão presentes em um estudo da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), via Laboratório de Processamento de Imagens de Satélites (LAPIS)

O aquecimento global, consequência das mudanças climáticas, é uma das razões para o aumento da desertificação

A solução é impedir que a temperatura global ultrapasse a marca de 1,5 °C a níveis pré-industriais, compromisso assumido também por outros países

Outro motivo para o encurtamento do agreste é o desmatamento, que leva às pastagens degradadas e à desertificação

Gostou? Veja mais na reportagem completa do Olhar Digital