EnglishPortugueseSpanish

No começo do mês, o Google registrou para testes dois novos modelos de drones junto à FAA (Federal Aviation Administration, administração federal de aviação dos Estados Unidos). A informação é do site Engadget.

Segundo os documentos de registro, os novos modelos se chamam M2 e B3. O primeiro deles foi registrado no dia 2 de outubro e o segundo no dia 7. O registro informa também que ambos possuem asas fixas e dois motores elétricos. Curiosamente, eles foram registrados sob o escritório da empresa em Boulder, no Colorado, e não sob sua sede (que fica em Mountain View, na Califórnia).

publicidade

De acordo com informações levantadas pelo The Guardian em agosto desse ano, as aeronaves devem pesar menos de 25kg, e serão capazes de voar a até 160 quilômetros por hora, a uma altura máxima de cerca de 120 metros. Os novos modelos parecem ser sucessores do Project Wing, retratado acima, um protóripo de drone que a empresa abandonou no começo do ano.

Testes ao ar livre

Ainda segundo o Guardian, o Google já vinha realizando testes com esses novos modelos na Califórnia, graças à sua parceria com a NASA. O jornal informa que a empresa passou mais de um ano testando os drones antes de seu registro, sob a proteção jurídica de uma lei que permite a agências do governo federal (como a NASA) testar equipamentos desse tipo sem necessidade de registro.

Nos Estados Unidos, só é necessário registrar veículos aéreos sem piloto se eles forem utilizados para fins não-recreativos. Por isso, o registro das aeronaves parece indicar que a empresa pretende avançar em seu desenvolvimento.