EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Hugo Barra, vice-presidente internacional da Xiaomi, testou o Redmi Note 3 de uma forma um tanto diferente. Para provar que o smartphone é resistente a arranhões, batidas e outras agressões, o executivo atropelou o aparelho com um carro.

publicidade

Além de ser atropelado, o smartphone passa por outros testes com alguns objetos como dardo, tesoura, moedas e chaves. Apesar de todas as arriscadas provas, o Redmi Note 3 aparece funcionando sem apresentar problemas.

Os especialistas afirmam que, mesmo com todos esses testes, a tela do celular não apresenta danos e continua funcionando sem problemas.