EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O sistema operacional de código aberto do Google, o Android, é o que roda na maioria dos smartphones produzidos no mundo, com raras exceções – como a BlackBerry, Apple e Microsoft, por exemplo. No entanto, uma dessas fabricantes que usam Android, a Huawei, planeja abrir mão dessa “dependência”.

De acordo com o site The Information, a Huawei, que é a terceira maior fabricante de smartphones do mundo em número de aparelhos vendidos, contratou ex-engenheiros da Nokia para desenvolver um sistema operacional móvel próprio. A ideia faz parte do plano de expansão da empresa, que quer atingir novos mercados além do asiático.

publicidade

Mesmo sendo a terceira maior fabricante, os smartphones da Huawei não são tão populares nas Américas e na Europa. No Brasil, por exemplo, nenhum aparelho da marca é vendido oficialmente, mas apenas por importação ou revenda. A empresa acredita que, para mudar essa realidade, é preciso, primeiro, mudar seu sistema operacional.

Alguns smartphones da Huawei já foram criticados por sua atual versão do Android, cheia de modificações que deixam-no visualmente parecido com o iOS, da Apple. Ainda segundo o The Information, abandonar o Android seria um “plano B” para o caso de, algum dia, o Google criar regras mais rígidas para o uso de seu sistema.

Abigail Brody, vice-presidente de design da Huawei e ex-designer da Apple, também estaria trabalhando para refinar a customização do Android usada pela empresa em seus smartphones, antes de lançar uma estratégia mais agressiva para conquistar novos mercados pelo mundo.

publicidade