EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A disputa judicial entre Google e Oracle deve trazer mais prejuízos à Oracle. Depois de ser derrotada em uma audiência no final de maio, a empresa pode sofrer sanções em breve.

A batalha nos tribunais acontece desde 2010. A Oracle acusa o Google de roubar linhas de código Java para desenvolver o Android, mas o juri considerou que o uso de certas APIs não é uma violação de direitos autorais.

publicidade

De acordo com a agência Bloomberg, a advogada da Oracle, Anette Hurst, revelou acordos financeiros confidenciais entre Apple e Google. Em audiência pública, Hurst afirmou que Android gera uma receita de US$ 31 bilhões e US$ 22 bilhões de lucro. Ela também revelou que o Google paga à Apple US$ 1 bilhão para manter barra de pesquisa do Google nos iPhones.

Os advogados do Google pediram que o valor fosse retirado dos registros. “Estamos falando de hipóteses aqui. Esse não é um número conhecido publicamente”, declararam. Na audiência, o juiz recusou o pedido.
Na semana seguinte, o Google pediu sanções. “Annette Hurst recentemente divulgou em uma audiência pública informações confidenciais financeiras do Google e de terceiros”, afirma Bruce Baber, procurador do Google. “Depois dessa falha da Oracle em tomar medidas corretivas, esta informação sensível tornou-se notícia de primeira página para as principais agências de notícias do mundo”, explicou.

Via ArsTechnica

publicidade