EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Pesquisadores do Departamento de Química da Universidade de Hokkaido, no Japão, desenvolveram um robô que se move sozinho quando exposto a um determinado tipo de luz.

Os dispositivos são feitos de um composto orgânico de azobenzeno e ácido oleico – um componente corante e “óleo de cozinha”. Quando exposto à luz azul, os compostos “repetidamente se convertem de um para outro”.
Em condições corretas, os robôs começam a “nadar”, se movimentando sozinhos. Segundo os pesquisadores, isso pode ser útil em futuras implementações de tecnologia microrobótica.

publicidade

“A capacidade de movimentos rítmicos organizados automaticamente, como o movimento de inversão repetitivo, é uma das características fundamentais dos organismos vivos. Este mecanismo pode ser usado no futuro para desenvolver motores e robôs moleculares com inpiração biológica que podem ser usados em grandes áreas, incluindo a medicina”, explica o pesquisador Yoshiyuki Kageyama.

Por enquanto, não há planos para comercializar a tecnologia.

Via TechCrunch

publicidade