EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A fabricante de chips Intel, que em abril anunciou que iria ter uma despesa de US$ 1,2 bilhão com uma enorme reestruturação de seus negócios, publicou nessa quarta-feira, 20, os seus resultados do segundo trimestre. Os números surpreenderam o mercado.

A empresa registrou receita de US$ 13,5 bilhões, com lucro líquido de US$ 1,3 bilhão. Analistas esperavam um resultado mais tímido, uma vez que a companhia anunciou, junto com a reestruturação, o corte de 10% da força de trabalho, o que representa em torno de 12 mil funcionários.

publicidade

“A receita do segundo trimestre correspondeu a nossa perspectiva e a rentabilidade foi melhor do que o esperado”, afirmou Brian Krzanich, CEO da Intel, em um comunicado. “Além disso, nossa iniciativa de reestruturação para acelerar a transformação da Intel está sólida e estamos ganhando impulso para o segundo semestre. Enquanto permanecemos cautelosos sobre o mercado de PCs, estamos prevendo um crescimento no centro de dados, na Internet das Coisas e em soluções programáveis para 2016 “.

A Intel está se preparando para o que muitos apostam ser a próxima grande onda na computação: a Internet das Coisas. Mas, por enquanto, essa divisão da empresa não é muito relevante, com uma receita de US$ 572 milhões.

Via TechCrunch

publicidade