EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Recentemente, a empresa “troll” de patentes VirnetX ganhou um processo contra a Apple, alegando que a fabricante do iPhone havia copiado recursos usados no FaceTime e na tecnologia VPN. Como resultado, a gigante de tecnologia teria que pagar US$ 625 milhões à outra companhia. No entanto, nesta semana o juiz Robert Schroeder solicitou um novo julgamento, eliminando a decisão anterior.

Segundo o juiz, a VirnetX mencionou inadequadamente o veredito anterior, prejudicando o júri. “No julgamento [em novembro de 20122] a Apple fez essas mesmas observações sobre não usar a nossa patente e, vocês sabem, o júri não acreditou neles e concordou com a gente”, afirmou o advogado da empresa.

publicidade

De acordo com o juiz, este comentário pode ter sido prejudicial. “Sob as circunstâncias aqui mencionadas, as referências repetidas para o veredito do júri antes do caso ser consolidado resulta em um julgamento injusto”, declara.

O juiz Schroeder também declarou que a combinação de dois processos (um sobre o FaceTime e outro sobre a tecnologia VPN) em um mesmo julgamento criou uma “potencial confusão para os jurados”. Dois novos julgamentos devem acontecer a partir de 26 de setembro de 2016.

Via Engadget

publicidade