EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Diferentemente da Nintendo que retirou do ar centenas de jogos produzidos pelos fãs e que usavam produtos de sua propriedade, a Sega não vê problemas com seus clássicos sendo relançados em novos games disponibilizados gratuitamente na internet.

Para quem não está por dentro da polêmica, a Nintendo pediu recentemente que 562 jogos independentes fossem retirados do ar. Os títulos estavam hospedados no site Game Jolt que recebeu uma notificação judicial obrigando a removê-los por infringir marcas registradas ou material protegido por leis de monopólio intelectual da empresa japonesa.

publicidade

A Sega, por sua vez, pensa diferente e vê nos jogos independentes uma maneira dos fãs lembrarem da marca que viveu seus melhores anos durante a década de 1990. A companhia, inclusive, encoraja os desenvolvedores a utilizarem suas marcas, como Sonic, e continuarem com o trabalho.

A ideia é que os fãs matem a saudade dos jogos e fiquem empolgados para lançamentos produzidos pela própria Sega. 

Via Kotaku

publicidade