E se o seu bloqueador de anúncios de preferência começasse a vender anúncios por conta própria? É basicamente o que começará a fazer o AdBlock Plus, a ferramenta mais popular de filtragem de publicidade online.

A extensão anunciou uma expansão do seu programa de “anúncios aceitáveis”. O recurso foi criado para barrar apenas a publicidade mais invasiva, e deixar passar os banners menores, mais discretos e menos irritantes. Agora o AdBlock Plus terá uma “loja”, que permite que os sites escolham uma lista de anúncios aceitáveis que poderão ser exibidos em sua página.

publicidade

A ideia da loja é facilitar a mediação do ABP com sites, anunciantes e redes de publicidade. Antes, era necessário dialogar diretamente com os responsáveis pela extensão e pagá-los pelo privilégio de exibir “anúncios aceitáveis”, o que era um trabalho desagradável. Agora os sites podem simplesmente entrar nesta loja, realizar um cadastro, selecionar os anúncios que poderá exibir e fazer as alterações no código da página.

Na prática, isso significa que a extensão continua barrando os anúncios nativos do site, e vai substitui-los por seus próprios anúncios. E, obviamente, o AdBlock Plus vai receber uma parte da receita com publicidade, mais especificamente 6%, por agir como um guardião do portão do que é aceitável ou não. Ou seja: o bloqueador de publicidade vai ganhar dinheiro com publicidade.

O AdBlock Plus promete que sua plataforma de anúncios aceitáveis vai continuar barrando o que for mais abusivo e invasivo. Os banners oferecidos por meio da plataforma deverão ter dimensões limitadas, devem ficar em partes específicas das páginas e não podem rastrear os usuários do site.

É uma forma de agradar os sites que têm seus anúncios bloqueados, embora certamente a plataforma do ABP deve ser bem menos rentável do que a publicidade exibida normalmente, sem o filtro do AdBlock. Mesmo assim, é uma forma de as páginas receberem algum dinheiro com os leitores que usam extensões adblockers, já que a alternativa seria não receber nada.

Via The Verge